Yorkshire Terrier


Yorkshire Terrier
Picture by choco@Nerima / Flickr

História do Yorkshire Terrier

Na Inglaterra, durante a Revolução Industrial, os trabalhadores escoceses foram para Yorkshire para trabalhar nas minas de carvão, fábricas têxteis e outras fábricas existentes, levando com eles um cachorro conhecido como Clydesdale Terrier ou Paisley Terrier. Esses cachorros eram muito maiores do que o Yorkshire Terrier que conhecemos, e acredita-se que eles utilizados principalmente para caçar os ratos que tinham nas fábricas.

Os Clydesdale Terrier provavelmente foram cruzados com outros Terriers, talvez o English Black ou o Ten Toy Terrier e Skye Terrier. O Waterside Terrier pode ter também contribuído para a criação do Yorkshire Terrier.

Em 1861 um cachorro Yorkshire Terrier foi mostrado em um programa de banco. Um cachorro chamado Huddersfield Ben nascido em 1865 tornou-se um cachorro popular e foi considerado o pai da moderna raça Yorkshire Terrier. Em 1870, a raça adquiriu esse nome por que é onde a raça foi criada, juntamente com os vários Terriers que ajudaram na criação dela.

O Yorkshire Terrier foi registrado pela primeira vez no livro genealógico britânico Kennel Club em 1874, e o primeiro club da raça Yorkshire Terrier foi criado na Inglaterra no ano de 1898.


Yorkshire
Picture by naql / flickr

Personalidade do Yorkshire Terrier

O Yorkshire é inteligente e possui confiança própria. É um combinação de um grande aventureiro em um corpo pequeno. Mas essa raça apresenta diversas personalidades e características. Alguns são bem fofos e alegres, e quer seguir o seu dono em praticamente tudo o que ele faça. Outros já são mais travessos.

Comece a treinar o seu Yorkshire desde filhote. Estabeleça limites para ele, pois se fizer isso ele se tornará um cachorro maravilhoso. Não o mime, na verdade você não deve fazer isso com nenhum cachorro. A voz de comando deve ser sua, e se você fizer praticamente tudo que ele queira, a medida que for crescendo sempre vai ser do jeito do seu cachorro e não do seu jeito. Comece a corrigir os maus hábitos bobos logo quando ele ainda for um Filhote Yorkshire, pois se não quando ele crescer o que era maus hábitos se tornam hábitos costumeiros, e você os fará mesmo não querendo.

Por se tratar de um cachorro de porte pequeno, alguns costumam ter medos de pessoas ou outros animais. Na verdade, isso acontece pois desde filhote, o dono precisa socializar o seu cachorro para novas experiências, pessoas, animais, sons, visões diferentes. Se fizer isso desde filhote, quando chegar alguma pessoa na sua casa que ele não conheça, ele não irá se esconder com medo. A socialização do seu Yorkshire Terrier vai ajuda-lo a ser mais amigável para com as outras pessoas, e inclusive será melhor tanto para você quanto para ele.

Cuidados Básicos com o Yorkshire

Embora o Yorkshire gosta de dar um passeio ou brincar fora de casa as vezes, ele é um cão que costuma ficar sempre dentro de casa, mas como é ativo, sempre está se exercitando, correndo de um lado para o outro na casa.

O Yorkshire Terrier é um pouco difícil de treinar, mas é bom que você faça isso desde que ele seja um filhote, principalmente no que se trata de fazer coco e xixi no lugar correto. Como é um cachorro que fica praticamente sempre dentro de casa, se não ensina-lo a fazer as necessidades no lugar correto desde filhote, provavelmente você vai ter dores de cabeça quando ele for adulto.

Filhote de Yorkshire
picture by tanakawho / flickr

O Yorkshire é um cachorro para se viver somente dentro de casa e não no quintal. Eles não toleram muito bem nem o calor extremo nem o frio. Quando o tempo estiver nessas condições, não exponha o seu Yorkshire Terrier a essas temperaturas.

Como o Yorkshire é uma raça bem ativa, ele ama brinquedos, principalmente quando se trata de você brincar com ele. Mas lembre-se de verificar o brinquedo dele todo dia, pois como é uma raça de cachorro ativa, ele pode acabar tirando pedaços, principalmente se for de uma bolinha canina.

Por causa ser um cachorro de porte pequeno e bem frágil, o Yorkshire não é adequado para famílias com crianças muito pequenas. Não é aconselhável que se tenha um cachorro dessa raça se seus filhos tiverem menos que 5 ou 6 anos de idade. Eles poderiam machucar sem querer o seu Yorkshire Terrier com muita facilidade, e com certeza isso é algo que você não quer.

Embora os Yorkshires são dão bem com outros animais, incluindo outros cachorros ou gatos, é importante estar sempre atento a forma como eles vão se comportar juntos. Existem gatos que toleram a atitude do Yorkshire, mas em contra partida outros não gostam e poderão inclusive machucar o seu cachorro.

Yorkshire Femea
Picture by Cindy Kowalski / Flickr

Destaques Principais

Segue abaixo uma listinha com os principais pontos sobre a raça Yorkshire que você deverá levar em conta antes de adquirir um cachorro dessa raça.

  • O Yorkshire Terrier é conhecido por ser uma raça de difícil treinamento, portanto você deverá ser paciente com eles.
  • Eles não gostam de frio e podem ter calafrios se estiverem úmidos ou em áreas úmidas.
  • Como o Yorkshire é bem pequeno e delicado, não é aconselhável que você adquira um cão dessa raça se tiver crianças pequenas em casa.
  • Alguns Yorkshire Terrier podem latir para qualquer coisa que ver ou ouvir. Para isso, você precisará treina-lo ou então leva-lo a um adestrador profissional. Socializa-lo desde filhote ajuda a evitar esse tipo de atitude.

 

Ficou alguma dúvida sobre o Yorkshire? Você vai comprar ou já tem um? Deixe o seu comentário abaixo.


Gostou desse artigo? Dê seu voto!

Péssimo! Não gostei de nada!Ruim!Gostei, ta na média!Muito bom!Excelente! (4 votes, average: 4,75 out of 5)
Loading...

6 pensamentos em “Yorkshire Terrier”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *