Dogo Argentino


O Dogo Argentino, como o próprio nome diz, é um cachorro de criação argentina. Embora apresenta um ar rústico de braveza e frieza, o Dogo Argentino é uma raça de cachorro muito dócil com sua família, inclusive tem muita paciência e adora brincar com crianças. É também um ótimo caçador, ótimo guarda, além muito resistente e inteligente.

Gostou das qualidades do Dogo Argentino? Então leia até o final desse artigo e deixe um comentário sobre o que achou dessa incrível Raça de Cachorro.

Descrição do Dogo Argentino

Dogo Argentino Forte

O Dogo Argentino é uma raça que embora seja bem afeiçoado na forma atlética, não é nada exagerado como outras raças, tendo proporções bem balanceadas do seu corpo. É um cachorro bem ágil, com musculatura forte e aspecto de bravo, embora seja um cachorro extremamente dócil e amistoso.

O Dogo Argentino é considerado pelos seus donos como valente, com bom olfato e excelente farejador, silencioso, além das qualidades já mencionadas.


Essa raça de cachorro é de grande porte, com altura em média de 60 a 65cm. O seu peso varia de 37 a 43kg. Só por essas medidas, já da para perceber o quão grande e forte é esse cachorro.

Personalidade do Dogo Argentino

Ser versátil é uma das principais características da Raça Dogo Argentino. Embora essa raça de cachorro tenha sido criado para ser um cão de luta, que por sinal ele tinha um excelente desempenho nisso, ele conseguiu se adaptar muito bem a diversas outras tarefas.

Por exemplo, na argentina, o Dogo Argentino é muito utilizado como cão de guarda e de patrulha pela Polícia Federal. Como cão de guarda, ele tem características notantes como ser independente e ter uma postura silenciosa. Mas, ao mesmo tempo, ele é usado também em outras tarefas mais simples como por exemplo ser guia de cegos.

Embora o Dogo Argentino seja bem obediente e responde facilmente a comandos aprendidos, essa raça de cachorro não é indicado a proprietários inexperientes ou que não consigam impor limites a ele.

Essa raça é paciente também com crianças, mas por ser um cachorro de porte grande e muito forte, não é aconselhável deixar crianças muito pequenas sozinhas com um cachorro dessa raça, pois embora seja dócil e amável, principalmente com pessoas da família, pode acabar acontecendo acidentes. Crianças pequenas são inocentes quanto a diversas coisas, e uma coisa delas é o perigo. Embora o cachorro não vá atacar do nada a criança, dependendo do que acontecer ele pode se sentir ameaçado, como qualquer outra raça de cachorro ou qualquer outro animal.

Dogo Argentino

Além de ser bem amigo da família, o Dogo Argentino não é agressivo com estranhos, porém ele não vai se deixar intimidar ou vai querer brincar com alguém que não conheça muito bem. Essa raça foi criada para servir como cão de guarda, e como tal, se ele saísse abando o rabo para qualquer estranho, a função de guarda não seria muito bem, concorda? Então, se você tiver um Dogo Argentino, falar para um amigo: “Entra ai que ele não morde”, é o mesmo que dizer ao seu amigo que não gosta dele.

Na questão de convivência com outros animais, até é possível coloca-lo com outros, mas isso deverá acontecer desde cedo. E por ser um cão muito instintivo para luta, pode ser muito difícil colocar 2 machos dessa mesma raça Dogo Argentino numa mesma casa.

Filhote Dogo Argentino

Outra coisa muito importante é que o Dogo Argentino precisa de exercícios diários, como caminhadas ou brincadeiras com a família. Por padrão, essa já é uma raça temida e aparenta ser brava. Se você possuir um exemplar dessa raça e deixa-lo trancado no fundo do seu quintal, num cercado pequeno, longe de contato com as pessoas da família, e não brincar ou ter contato com ele, muito provável que ele não será um cão equilibrado.

Na Inglaterra o Dogo Argentino está entre as raças de cachorros proibidas. Já nos Estados Unidos, essa raça não é reconhecida oficialmente, sendo tratada como ‘raças raras’.

 

5 Comments

  1. jose alberto 4 de julho de 2016 Reply
  2. wesley 24 de agosto de 2016 Reply
    • william 4 de dezembro de 2016 Reply
  3. juliana 19 de junho de 2017 Reply
  4. Haya 14 de março de 2018 Reply

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *